Pés de maconha são erradicados em Mutuípe

Foto: Ilustrativa

Em operação realizada pela polícia Militar de Mutuípe na manhã desta sexta feira (27), foi preso em flagrante um cidadão com sobrenome Arcanjo na região do córrego zona rural do município, ele foi preso devido está cultivando pés de maconha na localidade. Com muita dificuldade os policiais chegaram ao local devido às denúncias anônimas de pessoas da região, a plantação era feita no meio da roça de cacau, com ele foram encontrados quatro pés de maconha e munições calibre 22 intactas. Ele pretendia aumentar a lavoura.

Segundo o Tenente Mauricio ele negou ser traficante, e que plantava para consumo próprio o que não era verdade, o tenente ainda destacou a importância de denúncias das pessoas através do telefone 190 da policia Militar. Ele foi encaminhado à delegacia de Mutuípe e permanece custodiado.

Fonte: Almeida Noticias

Mais investimento em segurança

O Tenente Maurício, Comandante da 4ª CIA de Mutuípe  prestou uma entrevista ontem (quarta-feira-25/01/12) na rádio Interativa FM, aproveitou a oportunidade para falar das ações realizadas no ano de 2011 e que permanecerá atuante contra o crime e irregularidades de trânsito, ao mesmo tempo falou que é complicado mudar a cultura quanto ao trânsito mas que hoje quase todas as cidades em que atua já possui um trânsito mais organizado e seguro, “esse trabalho começou com a educação no trânsito a algum tempo” , disse. Finalizando o programa o Tenente falou que O Sistema de Monitoramento que conta com 5 Câmeras espalhadas pela cidade poderá ser ampliado para 10 Câmeras, se assim novamente houver o consensso e apoio de todos, o projeto ja foi elaborado e já tem os pontos que receberam as câmeras, ainda falou que já procurou o Presidente da CDL (Hugo) e que estão analisando para provavelmente em breve fazer o investimento de aproximadamente 25 mil reais.

1º Passeio Ecológico ao Vale do Jiquiriçá

 

o Vale do Jiquiriçá receberá o 1º Passeio Ecológico de Motociclistas pelas cachoeiras da região. Do dia 18 até 21 de fevereiro os Motociclistas irão percorrer as Cachoeiras: dos Prazeres, Roda D’Água e Guigó, ficaram sediados no Hotel Ravilu em Mutuípe e diariamente percorreram as cachoeiras em busca de tranquilidade, lazer e diversão. Abaixo programação:

Dia 18 – Visita a Cachoeira dos Prazeres (Mais próxima de Mutuipe).
Dia 19 – Visita a Cachoeira Roda D’Água.
Dia 20 – Visita a Cachoeira Guigó.
Programação sujeita a alterações.
Clic aqui para ver as cachoeiras: http://www.mutuipe.com/2010/?page_id=2
 
POSTO E HOTEL RAVILU
www.hotelravilu.com.br
HOTEL – (75 )3635-1314
ESCRITÓRIO – (75) 3635-2170
Mutuípe – Bahia
Organização:
Miguelzinho-Pimenta.
 
.

FOTO DO ANO!!!

A foto que está presente em vários sites de noticias da região mostra um contraste grande. Uma faixa agradece ao prefeito e vice pelo incentivo pelo esporte na cidade de Mutuípe enquanto crianças jogam futebol em um campo de cascalho cheio de pedra e descalços.

 

A foto por si só diz tudo…

Credito: Junício Júnior

Fonte: almeidanoticias

 

 

 

 

Casas populares desabam em Mutuípe

Em 14/06/2011 noticiamos a construção de 60 novas casas populares em Mutuípe, mais de 1 milhão de reais de investimento para beneficiar os mais carentes. Uma parceria do Governo Federal com os municípios brasileiro na busca da redução miséria no País. Mas o que seria uma realização de um sonho acabou em pesadelo, alem da demora (quando noticiamos estavam praticamente prontas, seis meses depois não haviam sido entregues). E o pior aconteceu,

As chuvas destruíram algumas das 60 casas populares ainda inacabadas, quase um ano após o inicio das obras. Infelizmente não é a primeira vez que casas em construção desaba em Mutuípe, no ano de 2008 na construção de trinta e sete casas também no bairro da cajazeiras umas das casas depois de construídas desabou após as fortes chuvas que caíram na época. A grande preocupação das pessoas é se as construções recentemente feitas oferecem segurança para os futuros moradores. Veja o andamento das obras nas fotos abaixo.

Foto em 14/06/2011:

 

Fotos em 12/12/2011:

Mutuípe: Material reciclável é depositado em local inadequado

 

 

 

 

 

 

Não muito longe do centro da cidade um depósito de matérias recicláveis atormenta moradores do local. Os materiais do tipo papelão ferros velhos e etc. estão sendo deposito dos às margens da BA 540 estrada que liga Mutuípe a Amargosa no antigo matadouro da cidade. Em conversa com o morador da localidade o senhor Evilásio que já foi secretario de limpeza pública na cidade, ele relatou que já procurou o secretário de administração e também a vigilância sanitária do município para tentar solucionar o problema, e que no aterro sanitário da cidade existe um espaço destinado para colocar esses tipos de matérias recicláveis. Ainda segundo o senhor Evilásio o local está infestado de ratos o que causa uma grande preocupação para os moradores da localidade.

FENÔMENO SOBRENATURAL ACONTECE EM MUTUÍPE

Diversos moradores da região da Moenda em Mutuípe, afirmam que em uma casa da localidade têm acontecido fenômenos nunca vistos antes por aquelas pessoas, segundo moradores uma casa passou a ser apedrejada no ultimo fim de semana. “são pedradas, cadeiras que caem sem ninguém tocar a mão, portas arrombadas, cama flutuando e velas que acendem sozinhas.” relata a morador Antonio Paraíso ao repórter Lucas Alves. Em conversa com um dos moradores da casa o senhor Luís, ele confirmou que os fatos realmente têm acontecido e que populares dizem que o causador desses acontecimentos é um espírito chamado Romãozinho, ou Cosme e Damião. Pesquisamos sobre espírito do Romaozinho e abaixo você confere.
 
Fonte: Almeida Noticias
Lenda do Romãozinho
Era um menino filho de lavrador, e já nasceu vadio e malcriado. Adorava maltratar os animais e destruir plantas, sua maldade já era aparente.Um dia, sua mãe mandou-o levar o almoço do pai que estava num roçado trabalhando. Ele foi, de má vontade é claro.No meio do caminho, comeu a galinha inteira, juntou os ossos, e levou para o pai. Quando o velho viu o monte de ossos ao invés de comida, perguntou que brincadeira sem graça era aquela.Romãozinho, ruim como era, querendo se vingar da mãe, que tinha ficado em casa lavando roupa, disse: – Foi isso que me deram… Acho que minha mãe comeu a galinha com um homem vai lá quando o senhor não tá em casa, aí mandaram os ossos…Louco de raiva, acreditando no menino, largou a enxada e o serviço, voltou para casa, puxou a peixeira e matou a mulher. Morrendo a velha amaldiçoou o filho que estava rindo: – Não morrerás nunca. Não conhecerás céu ou inferno nem descansarás, enquanto existir um único ser vivo na face da terra. O marido morreu de arrependimento. Romãozinho sumiu, rindo ainda. Desde então, o moleque que nunca cresce, anda pelas estradas, fazendo o que não presta; quebra telhas a pedradas, assombra gente, tira choco das galinhas. É pequeno, pretinho como o Saci, vive rindo, e é ruim. Não morrerá nunca enquanto existir um humano na terra, e como levantou falso testemunho contra a própria mãe, nem no inferno poderá entrar.