BELA HOMENAGEM

Lembranças de Neto.

Era dia 20 de fevereiro de 2012, uma segunda-feira, quando por volta de meio dia, a notícia se espalhou como um rastilho de pólvora. Neto morreu! Neto morreu!

O dia estava diferente, impregnado de uma paralisia indecifrável, abafado, as folhas das árvores não se mexiam, apenas uma voz que se somava a outra, a outra, a outra, rompendo o silêncio do vazio no espaço, Neto morreu! Neto morreu!

É bem verdade que já andava doente, doença cruel e implacável, câncer no pâncreas, desde o início, o veredicto médico apontava para o desfecho daquele final de manhã do dia 20.

Mas, o cabra era de boa cêpa, mesmo na adversidade não se entregou em momento algum, dizia ele a todos seus interlocutores, amigos ou não, correligionários ou adversários – se é que existiram -, tenho muita fé em Deus e, peço a ele todos os dias para ficar mais um pouquinho e ver meus filhos crescerem, minha cidade prosperar, meu município consolidar seu caminho rumo a melhores dias para o povo.

No dia seguinte, terça- feira, 21, o enterro, as pessoas se aglomeravam desde a noite anterior, quando o corpo fora velado na sua residência, estando ali pela última vez materialmente, a impressão era de que contemplava seu lar. Às 9:0 horas, o corpo seguiu para a Câmara de Vereadores, local onde a multidão se acotovelava para lhe prestar a última homenagem.

Em todo roteiro fúnebre: de sua residência à Câmara, dali ao Cemitério, o silêncio era total, somente um maestro da batuta de Neto poderia reger depois de morto, uma orquestra de mais de seis mil componentes, ao som do silêncio, apenas o interminável silêncio que parecia atordoar a todos, às vezes interrompido pelo espontâneo romper dos aplausos, como se todos buscassem uma saída para o impossível, a exigir a presença viva de Neto.

Eu estava lá e, participei dessa manifestação pura, verdadeira, autêntica e sincera de carinho, amor e respeito por uma pessoa. A multidão não era composta de pretensos importantes, bajuladores de diversos matizes, interesseiros de toda ordem, falsos amigos, definitivamente não era.
Esta multidão tinha a cara de Neto, o coração de Neto, as virtudes de Neto, o amor de Neto, a simplicidade de Neto, o caráter de Neto, esta multidão era o povo de Mutuípe, sem fantasia e sem máscara, apesar de ser dia de carnaval, era o povo na sua expressão mais autêntica, autenticidade que foi a marca registrada de Neto, verdadeiro até seu último momento.

E assim, por volta de meio dia de terça-feira, 21, Neto foi sepultado no Cemitério de Mutuípe, onde ali descansará por toda eternidade, possivelmente vigilante ao destino do povo de Mutuípe.

Mas, quem foi Neto?

Creio que um amigo incansável, um simples agricultor, um político amador e por isso sem maldade, um administrador carismático pelo trato com as pessoas, um cidadão que não distinguia pessoas, tratava a todos da forma igual, um cara que não trocava a simplicidade dos humildes pela pretensa beleza dos abastados, um pai de família modesto, comedido e amoroso, um homem temente a Deus, bom irmão e bom filho, um guerreiro na adversidade, um bravo líder nascido em Mutuípe, certamente, foi tudo isso reunido no caráter de um homem. Não precisava chamar-se Antônio Felipe Evangelista Neto, apenas Neto.

Viva Neto! Viva Mutuípe!

Salvador, 22 de fevereiro de 2012.

Martins Nery

NOVO PREFEITO DE MUTUÍPE É EMPOSSADO

 

 Foto: Leandro Almeida

 

Em uma cerimônia com poucas palavras e muitas lembranças foi empossado nessa quinta feira(23), o novo prefeito de Mutuípe Celson Weber, ele foi eleito como vice-prefeito juntamente com o saudoso “Neto” que faleceu na última segunda feira(20). A cerimônia de posse foi conduzida pelo presidente da câmara Idalício Andrade, que dedicou um minuto de silencio, o novo prefeito não se pronunciou em memória ao ex. prefeito. Secretários, funcionários e alguns munícipes estiveram na posse, oito dos nove vereadores também compareceram inclusive três de oposição, a única que não compareceu foi Márcia Cristina. O primeiro ato de D. Celson como prefeito foi assinar o decreto de luto oficial de cinco dias, que se iniciou desde o dia 20.


Mutuípe está de Luto….Morre o Prefeito Neto, um guerreiro!


Morreu na manhã desta segunda 20, em Salvador, Antonio Felipe Evangelista Neto ,46, (PT), prefeito de Mutuípe. Neto estava internado em Salvador há dois dias e na manhã desta segunda não resistiu a doença e faleceu.

O Prefeito lutava contra um câncer no pâncreas e estava internado desde sábado após o seu estado de saúde ter se agravado.

A ultima ação em público do prefeito foi na quinta-feira,16, quando participou da inauguração do novo prédio da Câmara Municipal, o ex-vereador e tual prefeito foi ovacionado pelo grande público que esteve acompanhando a cerimônia de inauguração. Antônio Felipe Neto discursou, falou de obras que estão em construção na cidade e agradeceu aos munícipes pelas inúmeras mensagens de solidariedade. O corpo do prefeito será velado na Câmara de Vereadores da cidade, o enterro está marcado para amanhã.

A Prefeitura será assumida pelo vice prefeito, conhecido na cidade como doutor Celso Verner (PT) que ainda não tomou posse.

 

 

NOVA CÂMARA DE VEREADORES DE MUTUÍPE É INAUGURADA

Foto: Leandro Almeida

Na noite desta quinta feira (16), com uma hora e meia de atraso foi inaugurada a tão sonhada Câmara de Vereadores de Mutuípe, A construção da sede própria do poder legislativo era um sonho dos vereadores e se tornou realidade com a eleição do vereador Gilvan Sousa Santos (Gil) para presidente da casa em 2008. A obra foi construída com recursos do próprio poder legislativo, o então presidente na época economizava a receita da casa e devolvida ano após ano ao executivo para realizar a obra, que foi entregue nesta quinta feira pelo sucessor do vereador Gil o Presidente Idalício Andrade (Lek). A cerimônia de inauguração da nova Câmara de vereadores foi prestigiada por diversas pessoas e por várias personalidades políticas, a exemplos do deputado estadual José de Arimateia, o prefeito de Mutuípe Antônio Felipe Neto, o assessor especial da secretaria estadual de Planejamento Luis Carlos Cardoso da Silva, o prefeito de Presidente Tancredo Neves, Josué Paulo, o presidente da Câmara de Jaguaquara, Raimundo Louzado, vereadores de Laje, Milagres e ex-vereadores do município, secretários municipais. Apenas seis dos nove vereadores compareceram a cerimônia de inauguração Gilvan Souza Santos, Paulo Argôlo, Edneia Pereira, Antônio da Silva, Gilberto Rocha, e Indalício Andrade que destacou a satisfação de está entregando junto com o prefeito o obra ainda rendeu duas homenagens o plenário, foi denominado de Vereador Osvaldo Andrade do Nascimento, e a sede vereador Andre Fernandes o amplo espaço oferece conforto e acessibilidade.

 

Fonte: Almeida Noticias

Loja de mutuípense é incendiada em Salvador

                                                                   
No quinto dia de paralisação de parte dos policiais militares baianos, Salvador registrou, no ultimo sábado, 4, novas ações de criminosos. Durante a madrugada de sexta para sábado, 15 bandidos saquearam a loja Top Móveis, localizada na Rua Estrada das Barreiras. Produtos da loja foram retirados e, logo depois, os bandidos atearam fogo no local.
Segundo um morador da região, ao solicitar o auxílio do Batalhão de Naranbida para apagar o incêndio, os policiais disseram que estão em greve e não iriam. “Apague o fogo de baldinho”, foram as palavras de um dos policiais, de acordo com o morador. Foi um tenente que atendeu ao pedido. Foram precisos três carros de bombeiro para apagar o fogo do local, que as 9h30 ainda tinha algumas chamas.
Fonte: Atarde

Cobertura da feira livre de Mutuípe em andamento

 A última parte do centro de abastecimento de Mutuípe está recebendo cobertura, a obra é uma parceria da prefeitura municipal, e Caixa Econômica Federal, a obra está sendo executada a mais de seis meses, e quando tiver pronta servirá para a realização da feira livre e também de eventos, já que as barracas fixas serão substituídas por barracas móveis, para no ano de 2010 o espaço passou a ser chamado de Espaço Fest. Os feirantes e os moradores aguardam ansiosamente pela entrega da obra.
Confira fotos por:  Junício Junior
Fonte: AlmeidaNoticias

Eleições 2012 em Mutuípe

Esse ano é ano eleitoral, hora de decidir quem governará o município durante quatro anos. Em Mutuípe ainda não se sabe quem serão os candidatos, nem do lado do governo e muito menos do lado da oposição. O atual prefeito Neto (PT) por lei tem direito a candidatar-se a reeleição, mas por motivos de saúde ainda não se sabe se o mesmo irá concorrer a vaga, neste caso, comentam-se entre os nomes do ex-prefeito Carlinhos e do vereador Gil, ambos do PT, acredita-se que o candidato a vice-prefeito seja do PRP ou PSB, alguns dos comentados são: Lek (atual pres. da câmara), Cabeça (vereador) ambos PRP, já do PSB fala-se em Didiu(primo do atual prefeito) ou Jenner Campos (sec. De Administração). A oposição está em busca de candidato pra vencer o páreo, já foi comentando nomes de alguns empresários para a disputa, entre eles, Modeir (Modemar mat. p/ construção), Marcelo (Grafica Grande Vale), Juvêncio (Biscoitos Flor do Vale), Nil (Rarosil mat. p/ construção) e outros. A novidade é o nome de Roque Ferreira (Ferragens Mutuipense) que está disparado em uma pesquisa realizada pelo blog do radialista Leandro Almeida, ainda não sabemos qual o seu partido e qual grupo irá puxar caso seja candidato. Em outras eleições “na altura do campeonato” já havia descido pelo menos os candidatos a prefeito, mas nenhum dos nomes cogitados para concorrer a prefeito nem a vice confirmaram pré-candidatura.

Fonte da Pesquisa:

Almeida Noticias, acessado em 01/02/2012 as 10:27

Abaixo pesquisa realizada por almeidanoticias

QUAL EMPRESÁRIO DE MUTUÍPE VOCÊ GOSTARIA QUE FOSSE CANDIDATO A PREFEITO?

 

Nil da Rarosil   17 (9%) 
Modeir Rauedys   13 (7%) 
Márcelo da Gráfica   17 (9%) 
Juvêncio da Flor do Vale   45 (25%) 
Roque da Ferrangens   78 (44%) 
Agilson da Vidro Box   5 (2%)