Mutuípe - Portal da cidade de Mutuípe - Bahia

Home Mutuípe a Bela do Vale.         Aqui você encontra tudo sobre a cidade de Mutuípe - Bahia

Cidade

Maio 2010 - Tremores em Mutuípe

 

31/05/2010 às 10:07
  | COMENTÁRIOS (11)

Terra volta a tremer em Mutuípe deixando população assustada

Cristina Santos Pita | Sucursal de Santo Antônio de Jesus*

A terra voltou a tremer no município de Mutuípe, no interior da Bahia, na noite deste domingo, 30, por volta de 23h. De acordo com moradores da cidade, esse foi o mais forte dos cinco tremores percebidos nos últimos dias na localidade. Apesar da frequência, não há registro formal dos tremores em laboratórios sismológicos.

O locutor de uma emissora de rádio no bairro Alto das Cajazeiras, um dos mais afetados neste domingo, Fabrício Lopes, disse que sentiu a terra tremer e em seguida ouviu um estrondo. Populares contam que a sensação é de uma explosão acontecendo embaixo da terra.

Na zona rural de Mutuípe, em Piabanha, moradores disseram que as portas de algumas casas abriram sozinhas com o tremor. A população está temerosa com a frequência do fenômeno e pela falta de explicações para o que está acontecendo.

Na ocorrência anterior, na madrugada de quarta, 26, a reportagem de A TARDE entrou em contato com funcionários do laboratório sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que afirmaram que o tremor não foi registrado pelos equipamentos, apesar de terem sido informados da ocorrência.

*Com redação de Paula Pitta | A TARDE On Line

Da Redação

cidades@band.com.br

Um tremor de terra na Bahia assustou os moradores da pequena cidade de Mutuípe, no interior do estado. De acordo com a reportagem da Band de Salvador, este é o quarto abalo do ano e o segundo em menos de uma semana.

A cidade, que fica a 220 km de Salvador teve o abalo neste domingo, na zona rural da cidade. De acordo com alguns moradores da região, até as casas acabaram ficando rachadas por causa do tremor.

Segundo os habitantes de Mutuípe, no hospital da cidade, tudo tremeu. As pessoas acabaram passando a noite fora de suas casas por causa do medo de desabamento. Muitas acreditaram que poderia ter acontecido alguma explosão.

Para tranquilizar as pessoas, o locutor de uma rádio local passou a segunda-feira tentando tranqüilizar os moradores. Segundo ele, todos poderiam ficar calmos, pois o mundo não estava acabando.

Redação: Bárbara Forte

Abalo Sísmico

Terra treme em Mutuípe, na Bahia

Publicada em 01/06/2010 às 16h01m

Jornal Hoje, BATV, Anderson Hartmann, O Globo

SALVADOR e SÃO PAULO - A terra voltou a tremer no município de Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá, na Bahia. No domingo, o abalo aconteceu por volta das 23h e foi o segundo em cinco dias - o quarto do ano. Embora ninguém tenha ficado ferido, a população está assustada. Moradores mostram pedaços de reboco que caíram das paredes com o tremor. Em janeiro deste ano, o sismólogo Joaquim Ferreira, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), já havia alertado que um novo ciclo de tremores poderia estar se iniciando na região Nordeste do país.

É o que os especialistas chamam de enxame sísmico, já que algumas falhas geológicas estão sendo reativadas no Nordeste. Para o professor de sismologia da UFRN, a causa dos tremores é a reativação da falha sismológica de Poço Branco.

- No Nordeste sempre tem algum tremor de terra. Na Bahia fazia algum tempo que estava sem abalos, mas no início do século XX, houve vários tremores de magnitude acima de 4 graus no Recôncavo - conta Ferreira.

O pesquisador da UFRN lembra que a região já está acostumada à atividade sísmica, pois além da falha de Poço Branco, há outra falha sismológica bastante conhecida: a Samambaia.

- A Samambaia fica na região de João Câmara, 20 km à oeste da falha de Poço Branco, e está mapeada com 40 km de extensão. Graças ao seu tamanho, a qualquer momento podem vir a ocorrer abalos de magnitude acima de 4 ou 5 graus. E, se o epicentro for a zona urbana de alguma cidade, os estragos podem ser maiores - garante.

Os tremores sentidos em Mutuípe têm incomodado ainda mais os moradores do município, especialmente porque não foram registrados por nenhum laboratório sismológico do país.

- Os tremores de Mutuípe são pontuais, só na região. Foram tremores rasos e de baixa magnitude. Os abalos não foram registrados porque a estação sismográfica mais próxima fica a 620 km, em Gravatá, no Pernambuco - garante Ferreira, revelando que no segundo semestre um projeto da UFRN, em parceria com a Petrobrás, vai instalar em Cruz das Almas, a 60 km do local, uma estação sismográfica.

Desde o primeiro tremor, em janeiro, o prefeito de Mutuípe solicitou a algumas universidades a presença de técnicos para estudar o fenômeno. Nesta segunda-feira ele reforçou o pedido.

- Nós não recebemos nenhum chamado de autoridades da Bahia e nenhum apoio logístico para nos deslocarmos até o município - rebate o sismólogo da UFRN.

De acordo com o especialista, o abalo foi considerado moderado, com potencial para causar rachaduras em residências, mas sem força para derrubá-las. Nessa magnitude, também é mais difícil o registro de vítimas fatais

 




Fonte:

www.geko.com.br

Desenvolvido por : Honorato Filgueiras